Critical Watcher
- Ei, você consegue ouvir o que estou falando?
- Sim, pode falar.
- Eu sempre te falo e você nem me escuta.
- Você está enganado. Eu sempre presto atenção a você.
- Posso falar?
- Sim, claro.
- Eu te amo.
- Pode falar, amor.
- Eu te amo!
- Amor, por que você não fala?
- Eu estou falando. Eu te amo.
- Falando o quê?
- Eu te amo!

E todas as vezes que a frase "Eu te amo" era lançada diante daqueles dois, o vento a levava pra longe. O som chegava a ser imperceptível, inaudível... Parecia não existir.
.
.
.
Recebi da J.S um selo bem legal... O blog dessa menina é muito bom. Você viaja literalmente em suas palavras. Dona de uma riqueza de detalhes, de aspirações e romances belos ou não, a J.S surpreende-nos a cada leitura. Visitem-na.Aqui vão os meus indicados:



14 Responses
  1. É assim. Se não se tomar cuidado, as palavras se perdem - "palavras apenas, palavras pequenas, palavras... ao vento". E não só as palavras. Se perdem os olhares, os toques, os gostos, as impressões, o brilho, o encantamento, o sentimento...
    Perdem-se um do outro e de si mesmos.

    (mas ainda dá tempo... Fecha a janela, quem sabe o vento abranda)

    Beijos.


  2. [P] Says:

    Uma pena que o vento consiga levar para longe um "eu te amo", ou os pequenos gestos que podem dizer muito...

    Bonito seu texto, mocinho.

    =*

    ps: brigada pelo selo. eu já disse que está me acostumando mal? vou colocá-lo lá no devido lugar assim que atualizar o blog, tá? :)


  3. 1a das Pimp! Says:

    E porquê o "Eu te amo!" tem de ser levado pelo vento?
    Vejamos por outro lado, o que queria era ouvir vezes sem conta porque lhe sabia bem.
    He! He! He!
    Até...


  4. triste.
    me senti assim quando li seu texto.
    triste.

    abraço


  5. :: Daniel :: Says:

    Não sei qual é o pior: o "eu te amo" não ouvido ou o não retribuido.


  6. Jaya Says:

    Às vezes são apenas palavras. Elas se perdem. São vazias de sentimento. Aí o coração talvez tenha aprendido a não escutar. Evita machucados. É bom ser assim, às vezes.

    Mas apesar de tudo, não deixa de ser triste.

    Ah! PARABÉNS pelo selo novo. :)

    Um beijo.


  7. Says:

    Obrigadíssima pelo selo, mocinho.

    E que bonito esse texto... pra pensar.


  8. Tenos Says:

    This comment has been removed because it linked to malicious content. Learn more.


  9. Proibida Says:

    Eu concordo com a Jaya. Às vezes aprendemos a não escutar, por assim dizer, certas palavras porque muitas vezes são apenas "palavras... ao vento", como a Juliana colocou. Melhor fingir não ouvir algo que sabemos ser falso do que acreditar na ilusão de ser verdadeiro.

    Lindo, obrigado pelo selo novo. Daqui a pouco acabo ficando viciada... :P


  10. R Lima Says:

    É estranho como as vezes o som das palavras se perde no meio de dilacerantes moinhos.

    É a vida incrivelmente real.

    Abçs e parabéns pelo selo.



    Texto de hoje: CéRebRo...

    Visite e Comente... http://oavessodavida.blogspot.com/

    O AveSSo dA ViDa - um blog onde os relatos são fictícios e, por vezes, bem reais...


  11. Creio que há certas palavras que se perdem no vento, porem este vento costuma sair de nós mesmos, geralmente da parte em que costuma-se omitir aquilo que se sente ou que não se sente.

    Mas, uma hora se achará as palavras caídas numa grama qualquer, e dependendo do tempo que passou, o que parecia invisível torna-se-á (sempre quis escrever isso) um tesouro inigualável, e talvez, impossível de se restaurar.

    Passa no meu blog. Tem três surpresas pra vc.

    Abçs!!!!

    ----------------------------------
    http://emlinhas.blogspot.com/

    EM LINHAS...
    Quando as palavras se tornam o nosso mais precioso divã.

    Novo texto: Selos e Fernando Pessoa
    ----------------------------------


  12. Mr. Ziggy Says:

    Meu, esses momentos em que falamos algo a alguém e essa pessoa simplesmente ignora, desdenha, não escuta, me irrito demais. Dá vontade de partir a cara da pessoa ao mesmo...

    Haha! Mas confesso que esse texto me fez rir. Acho que no fundo foi de gastura da "anta" não ter ouvido a tal frase do "Eu te amo!".

    Obrigado pelo selo, foi uma surpresa das boas! Abração e boa semana pra ti!


  13. Camilinha Says:

    Ás vezes, é preciso não dizer nada...

    beijos daqui...


  14. Belinha Says:

    Oi,
    o "Eu te amo" nunca deve ser levada pelo vento, porque é uma palavra linda para se ouvir repetidamente.

    Jokas