Critical Watcher

Hoje me peguei sentindo você em meus braços

Senti a sede que havia em tua boca

A felicidade que seu palpitar denunciava


Hoje me peguei te querendo mais

Sentindo tuas unhas arranharem minhas costas

Sentindo o prazer que tuas formas exalavam


Hoje me peguei cheirando o seu corpo

Arrancando tuas roupas

Atiçando os nossos sexos


Hoje eu me peguei apaixonado

Amando descontroladamente

Sentindo-me dentro de ti


Hoje eu me peguei sem controle

Sentindo a segurança de seus afagos

Sob os panos daquele quarto


Hoje eu senti que te tenho pra sempre

Que nada vai nos separar

Que o nosso amor não pára


Hoje meus olhos brilhavam

Meu medo esvaía

Meu amor transpassava

E eu mais te queria


Hoje, amanhã e sempre.

Uma longa estrada pra se viver...


[Infinita Highway!]

29 Responses
  1. Que texto mais apaixonante, sexy e de natureza sublime!

    Critical Watcher sempre surpreendente na escrita...

    Adorei, rapaz!

    Abraço!!

    =]

    Tem coisa no meu blog, hein?!


  2. Blau Says:

    A bela escrita sempre vem a tona quando aquela pessoa que se aponderou do lapis(no caso,teclado)sabe como usar as palvras em sintonia..

    Beeelo texto


  3. Gabriela. Says:

    acho bonito estes que têm a certeza da eternidade da longa estrada.

    Hoje eu não sei de mais nada.


  4. é bom ter alguém pra nos deixar assim ...ando tendo essas sensações ultimamente.

    amei teu texto e sei que no post com a música da adriana vc falava de MÚSICA, mas é que gosto pacas dessa música dela, especificamente.


  5. Ana Says:

    Que moça de sorte a musa do eu-lírico...
    Lindo esse amor, Vicente!
    Beijo,
    Ana


  6. Juliana Says:

    Uau...!
    Não me peça p'ra criticar, do jeito que eu sou.. posso ficar aqui o dia inteiro escrevendo...rs

    Bela e intensa poesia
    (pode ser muito bom acreditar na eternidade do amor)
    Beijo


  7. [P] Says:

    Existe alguém apaixonado por aqui, Vicente? Ou então MUITO inspirado, quem sabe...

    Texto intenso. Livre de amarras. Um doar-se ao outro apaixonado. E apaixonante. Muito bom, viu?

    Beijo pro'cê.

    ps: vou ali embaixo buscar meus presentes e colocá-los no blog :)


  8. Leila Saads Says:

    Tem dias em que o amor acorda intenso, mais do que sempre.
    Lindo poema=]


  9. Uau, uau, uau... Menino, tem que por um aviso antes do texto: "se voce tem coracao fraco, nao continue a leitura".
    Lindo!

    =)


  10. Blau Says:

    sempre fico meio filosofica quando os post me inspiram.

    to te linkando;


  11. Proibida Says:

    Ousadia... não vou nem me estender...

    Feito perfeito! ;)

    E... obrigado mais uma vez pelas palavras, amigo incondicional!

    Beijo! Aqui oh... s2


  12. bruxildo Says:

    minha historia com trevisan advogada das nuvens= denise= helena d troia+=madalena de yeshua ben yoseph 7 faculdades mentais cada ghost's reencarnaçoes, esta' nesta letra manda para ela===>...Que mulher ruim
    Jogou minhas coisas fora
    Disse que em sua cama eu não deito mais não
    A casa é minha você que vá embora
    Já pra saia de sua mãe e deixa meu colchão
    Ela é "pro" na arte de pentelhar e aziar
    É campeã do mundo

    A raiva era tanta que eu nem reparei que a lua
    Diminuia
    A doida tá me beijando a horas
    Disse que se for sem eu não quer viver mais não
    Me diz, Deus, o que é que eu faço agora?
    Se me olhando desse jeito ela me tem na mão

    Meu filho agüenta
    Quem mandou você gostar
    Desta mulher de fases

    (Refrão)

    Complicada e perfeitinha
    Você me apareceu
    Era tudo que eu queria
    Estrela da sorte
    Quando à noite ela surgia
    Meu bem você cresceu
    Meu namoro é na folhinha
    Mulher de fases

    Põe fermento, põe as bomba
    Qualquer coisa que aumente e a deixe bem maior que o sol
    Pouca gente sabe que à noite o frio é quente e arde e eu acendi
    Até sem luz dá pra te enchergar, o lençol
    Fazendo "congo-blue"
    É pena, eu sei, amanhã já vai miar se aguente que lá vem chumboquente

    (Refrão)

    Complicada e perfeitinha
    Você me apareceu
    Era tudo que eu queria
    Estrela da sorte

    Quando à noite ela surgia
    Meu bem você cresceu
    Meu namoro é na folhinha
    Mulher de fases

    13 de Fevereiro de 2008 19:19


  13. Jaya Says:

    Eu já comecei gostando pelo título. Depois vieram as palavras tocando. Tocando mesmo. E uma melodia tão suave que não devia parar tão cedo. Tuas palavras viraram música.

    Te ler é sempre um prazer.
    Adoro mesmo!

    Um beijo, Vicente.


  14. R Lima Says:

    Qts sentimentos meu caro.. às vezes os sinto bem aqui.. batendo impulsivamente no peito.

    Como pode o querer ser assim tão presente?

    Abçs,

    e bom.. muita bom texto.



    Texto de hoje: AmiZadE...

    Visite e Comente... http://oavessodavida.blogspot.com/

    O AveSSo dA ViDa - um blog onde os relatos são fictícios e, por vezes, bem reais...


  15. Uai, meu caro, tá sumido... faz tempo que não te vejo, rs.

    Gostei de ler o Vicente apaixonado e essa poesia romântica.

    Mais uma vez vc tá de parabéns!

    abraços!


  16. Luca Says:

    eu gosto de textos sinestésicos, onde a alma é sentida na mão.
    e quando ele trata de um amor de alma e de corpo, ele fica mais real e excitante.

    beijoooooo, vi!


  17. Belinha Says:

    Mais uma vez surpreendente... sempre bons textos, gostei muito.
    É bom ver alguem escrever com sentimento.
    Jokas


  18. Secreta Says:

    Sempre , porque o amor não conhece limites.
    Beijito.


  19. :: Daniel :: Says:

    Belas palavras para um sentimento tão nobre quanto o amor a dois compartilhado.

    Gostei do blog! Estou te linkando no meu.. =]

    Abs.,
    Daniel


  20. Says:

    Senti o poema ofegante. Que coisa mais linda, menino! Acordaste com a alma sólida, não?


  21. Fê Probst Says:

    Ah o amor. Tão magnifíco e tão assustador.


  22. Biah♥ Says:

    Também assito coisas péssimas...
    Como estou um pouco sem tempo leio este seu post depois OK?
    Bjo;
    =D



  23. Says:

    Um texto cheio de desejo e saudade.


  24. Mr. Ziggy Says:

    Uia, e não é que o guri se enamorou de vez? Porra, bom demais esse poema. Levemente picante e do fundo d'alma. Curti. Inté, Zé Ruela!


  25. M. [doc] B. Says:

    É nessas horas que as palavras deixam de ser soltas e sem sentidos e se tornam mágicas, transformam nosso dia, afluem nossa alma e mexem com todos os nossos desejos.

    Sempre me surpreendes com tanta qualidade... :)


  26. Diego Says:

    Caraca Vinícius, fantástico poema!


  27. Says:

    Vim deixar um oi e te desejar uma ótima semana. Teus comentários fazem falta. Mas não és tu que não tens comentado, eu q não tenho postado. :(

    Bjs, moço.


  28. Johny Farias Says:

    Hoje, é o seu dia de sorte, amigo.

    Belo texto.

    abs