Critical Watcher
Dia normal, tarde comum, rotina quebrada... Uma imagem, um momento exato, a ousadia. A espera cheia de dúvidas e o medo. Respostas cansadas e incerteza no ar completavam aquela tarde ociosa... O contato se fez, abri um sorriso e voltei às minhas obrigações. Nada demais! Não havia prova alguma de reciprocidade de atração... Noites foram, dias vieram. Nos aproximamos e nos descobrimos. Era o começo de tudo. Era o início de uma saudável história...
9 Responses
  1. Anônimo Says:

    Há!

    It's okay, it's okay, it's okay.
    Hahahha... É que eu fico me perdendo nesse meu mundo de pensamentos.

    Posso oferecer uma música pra esse seu post?

    Zombie - The Cramberries.
    Não sei se gosta, mas vai essa!

    See you later.


  2. Anônimo Says:

    Owwn!

    -,-

    I was sleeping, heheheheh...

    Que bom que gostou da música. Também acho muito linda. Todinha.

    E esse texto ai vai aparecer no blog? Aguardo, hein! Deve ser muito delicado.

    I think that i come back to sleep. Hehehhe.
    Parece que tomei trezentas jarras de suco de maracujá, Critical Watcher! Hehehhehehehe...

    Bom fim de tarde.


  3. Paulo Maia Says:

    Vicente, o literato, e mais uma de suas apresentações artistica e literariamente perfeitas; textos esteticamente e semanticamente únicos. Escritos fantásticos para pessoas fantásticas...


  4. - anderson. Says:

    Isso é o começo de um conto? Se for, por quê tu só postasse o começo? ;D Dá vontade de saber o resto, se tem mais, essas poucas palavras passam tanta emoção e ao mesmo tempo um grande quantia de frustração, muito bom mesmo! :)



    saudade,
    abraço.


  5. Haha...
    Meu caro Anderson, desculpe-me pela frustração que lhe causei. O uso de "reticências" na última frase deixou aquele sabor de dúvida mesmo. Fica à sua imaginação a construção do resto do texto.
    Obrigado pelo elogio. Volte sempre!
    Saudades tmb.
    ;)


  6. Anônimo Says:

    Aguardando novas postagens!

    ;)


  7. Apple B. Says:

    como é que você tem blog e nem me conta, sr. vicente?!

    palavras [muito] bonitas. :)


  8. [P] Says:

    Quanta coisa bonita por aqui... onde está a continuação deste texto que parece esconder uma bonita continuidade?


  9. Dan Says:

    Impressionante. Seus textos me atingem. Será que eras tu que estavas naquels tarde? Duvido muito! Creio que eu estava em seu lugar...