Critical Watcher

Temos a noite inteira

Nesse quarto com vista ao mar

Temos o riso no rosto

Desejos que nunca se acabam

Teus braços nos meus


Temos a penumbra da noite

Sombras que desenham os nossos corpos

Feixes de luz que permitem as formas mais sutis

Temos tudo, meu amor

Temos o desejo de nos descobrir


Cada segundo é um mar de prazer

Não há distância entre você e eu

Não, não há meu bem

Quando estou contigo, é só você e eu


Teus lábios atacam minha boca

Tua sede alimenta meu ego

Teu calor derrete os meus medos

E você se diz toda minha, toda minha


Você me pede amor

Eu te dou o meu amor

E nadamos juntos nesse mar desconhecido

De lençóis, roupas e cobertores


Porque nosso encaixe é perfeito

E eu sei que você já me disse isso

E eu não preciso repetir outras vezes

Que quando estou com você somos apenas um


Não preciso repetir nenhuma outra vez

Porque prefiro guardar o que sinto

Aqui dentro comigo, sob minha custódia

Durante toda a estação


[E meu coração acelera mais uma vez...]


8 Responses
  1. Jordana Says:

    Simplesmente dando um RT pra o que acabo de ler, adorei! Sintetiza alguns pensamentos que estiveram habitando minha cabeça ultimamente.



  2. Marina! Says:

    é tão bom ler algo assim e sentir a essencia do sentimento!
    adorei.


  3. Paulo Says:

    bom demais ler algo quando expressado de forma sentimental, real, por alguem que tem o dom das palavras...

    muito lindo mesmo! adorei


  4. Simplesmente lindo, dá até para sentir o toque de pele... As palavras ecoam na imensidão dos nossos devaneios...
    Simplesmente lindo, arte em essência.



  5. Gabz Says:

    Nossa, tão profundo, e ao mesmo tempo tão suave. Realmente apaixonante o poema!
    E, por realmente admirar o que você escreve, deixei algo pra você no meu blog. Dê uma olhada lá!


  6. Many Says:

    muito sincero! ótimo